Larissa Gaspar reafirma compromisso com direitos da população LGBT

Larissa Gaspar reafirma compromisso com direitos da população LGBT

A presidenta da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza, vereadora Larissa Gaspar (PPL), participou nesse domingo, 25, da 18º Parada Pela Diversidade Sexual do Ceará, realizada pelo Grupo de Resistência Asa Branca (GRAB). Durante discurso, a parlamentar pediu o fim do preconceito contra a população LGBT.

 

“Com muito orgulho estou presidenta da Frente Parlamentar em Defesa da Cidadania LGBT e da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, temos fiscalizado os equipamentos públicos para que eles possam atender corretamente o público LGBT. Apresentamos um Projeto de Lei para criar o Dia Municipal de Enfrentamento à Transfobia e uma Emenda ao Plano Municipal de Educação para que a discussão de gênero e o enfrentamento à LGBTfobia dentro das escolas, porque a escola é um espaço de reprodução do preconceito”, declarou.

Luta e Resistência

O tema da Parada desse ano foi “18 Anos Construindo Resistências e Lutas por Democracia e contra o LGBTcídio”. Às 18h horas foi feito um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de LGBTfobia. Em 2016, foram mais de 300 assassinatos no Brasil, o que leva o país a liderar o ranking mundial nesse tipo de crime.

Projetos

Na Câmara Municipal, Larissa Gaspar apresentou Indicação de nº 333/2017, que cria o Fundo Municipal em Defesa dos Direitos da População LGBT, o Projeto de Lei 86/2017 que tem como objetivo incluir no Plano Municipal de Educação a discussão sobre racismo, bullying, intolerância religiosa e LGBTfobia, e o Projeto de Lei 85/2017 que estabelece o dia 15 de fevereiro como Dia Municipal de Enfrentamento à Transfobia. Foi em 15 de fevereiro que Dandara dos Santos foi assassinada em Fortaleza.