Política Pública Menstruação Sem Tabu é aprovada na Câmara Municipal

08/09/2021

Foi aprovado o projeto da vereadora Larissa Gaspar onde fica instituída, a Política Pública "Menstruação Sem Tabu", que visa à conscientização sobre a menstruação e a universalização do acesso a absorventes higiênicos, no âmbito do município de Fortaleza.

A intenção é que o absorvente passe a ser classificado como "bem essencial" e um "produto higiênico básico", na Capital. Atualmente, há uma falta de acesso a itens básicos de higiene durante a menstruação por falta de informação, ou de dinheiro pra comprar os absorventes.

O projeto que agora segue para Prefeitura de Fortaleza com o objetivo de se tornar uma política pública permanente, também visa à redução da desigualdade social, pois visa diminuir faltas em dias letivos de estudantes em período menstrual e, por decorrência, evitar prejuízos à aprendizagem e ao rendimento escolar. Uma pesquisa divulgada no mês de maio deste ano pelo Fantástico, da Rede Globo, revelou que uma em cada quatro jovens no Brasil, já faltou aula por não poder comprar absorvente.

"O projeto visa enfrentar a pobreza menstrual e universalizar o acesso a absorventes higiênicos, que seriam distribuídos para adolescentes a partir do 5º ano do ensino fundamental, para pessoas em situação de rua, para pessoas que estão em abrigos do município", afirma Larissa Gaspar. A vereadora ainda esclarece que a política pública prevê a desoneração do absorvente "para que ele possa chegar mais barato ao consumidor final, assim como a inserção dele como um item obrigatório da cesta básica. Além de estimular o uso de absorventes sustentáveis, pensando na preservação do meio ambiente”, conclui.